A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) promove, a partir das 9h desta quarta-feira (17/01), até sexta-feira (18/01), no auditório do Hotel Express Vieiralves (rua Rio Ituxi, bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul de Manaus), o 1º Encontro Estadual de Gestores das Unidades de Conservação (UCs). O evento conta com o apoio da Cooperação Técnica Alemã (GIZ) e a Gesellschaft für Organisation Planung und Ausbilduns (Gopa).

De acordo com o secretário da Sema e diretor-presidente do Instituto Ambiental do Amazonas (Ipaam), Marcelo Dutra, o objetivo principal do encontro é levantar um diagnóstico das UCs do trabalho de controle e fiscalização ambiental oferecidas pelo órgão no interior e, a partir dai, elaborar um planejamento estratégico de gestão integrada das 42 unidades instaladas no Amazonas para os próximos 12 meses.

Dutra informou que, no evento, os gestores das UCs vão apresentar as principais ações implementadas no ano passado. “A orientação do governador Amazonino Mendes é de criar um planejamento estratégico para 2018 com enfoque na conservação e uso sustentável dos recursos naturais nas Unidades de Conservação, com ações, metas e indicadores”, explicou.

Abertura – O encontro será aberto pelo secretário da Sema, por volta das 9h, do dia 17. Marcelo Dutra vai falar sobre as diretrizes governamentais da Política Ambiental do Amazonas, o resultado da participação do Estado na COP 23, responsabilidade e terceirização da governança em UCs e as perspectivas futuras das ferramentas de fiscalização nas ações integradas de comando e controle.

Plenária – No segundo dia, a consultora da GIZ e moderadora do encontro, Jasylene Abreu, apresenta a programação do evento para o período da manhã, que vai contar com a realização de plenária de perguntas e respostas em duas mesas redondas com temas Conservação e Controle Ambiental. Na pauta, as estratégias de conservação no Brasil e no mundo, panorama geral sobre UCs no País e pagamentos por serviços ambientais e REDD+.

A plenária conta com a participação do biólogo, ex-gestor de UC e representante do Green Peace, Domingos Macedo, e do professor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e ex-gerente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Henrique Pereira, além da professora da Ufam, Tatiana Schor.

Ações de comando e controle – À tarde, a partir das 16h, uma terceira mesa redonda com tema Controle Ambiental com a participação do comandante do Batalhão Ambiental da Polícia Militar, coronel Jorge Alves, secretário executivo da Sema, Adilson Cordeiro, que vão abordar as ações de comando e controle em UC20, estratégicas de fiscalização em Unidades de Conservação e Licenciamento Ambiental com enfoque na floresta, pesca, turismo e na mineração no Amazonas.

Palestras – O diretor do Departamento de Gestão Ambiental e Territorial (Degat), Giuliano Piotto e a representante da Cooperação Alemã GIZ, Bárbara Nascimento, encerram o segundo dia de debates com palestras sobre gestão ambiental de florestas públicas e a contextualização sobre Código Florestal e capacitação sobre o Cadastro Ambiental Rural para Povos e Comunidades Tradicionais (CARPCT).

Relatórios – No terceiro e último dia, acontecerá uma reunião interna onde os gestores das UCs vão apresentar relatórios sobre as atividades realizadas em 2017 e, também, propor melhorias para o atendimento no interior. No local, a Sema também vai instalar um Balcão de Atendimento para tirar dúvidas de gestores sobre as diretrizes governamentais da Política Ambiental no Amazonas.

ARTE: José Narbaes/SEMA